Tendo como foco o posicionamento “Feel the Tradition” a Ourivesaria Arneiro tem vindo cada vez mais a especializar-se na comercialização da Filigrana, a melhor herança da ourivesaria tradicional portuguesa.

A filigrana é uma técnica de ourivesaria que consiste na combinação de delicados e finíssimos fios de ouro ou de prata, aplicados sobre armações do mesmo metal, desenhando motivos circulares ou em espiral. A génese desta arte milenar em Portugal remonta às civilizações pré-romanas que habitaram o território.

No entanto, a sua maior evolução deu-se a partir do séc. XVII, sendo a tradição preservada até aos dias de hoje, através de pequenas oficinas localizadas no norte de Portugal (Gondomar e Braga).

Destacam-se as arrecadas e argolas de Viana, os brincos à rainha, os corações filigranados e os medalhões, as cruzes e os colares de “contas minhotas”, para além de peças de maior dimensão, como relicários, custódias ou esculturas ornamentais (ex: caravela portuguesa).

Poderá encontrar na Ourivesaria Arneiro todos estes exemplos da ourivesaria tradicional portuguesa,  em prata de 925‰ e prata dourada, produzida manualmente com o mais alto grau de imaginação, paciência e perícia.